O blog que pretende lutar contra a mais repugnante manifestação de bestialidade humana. Aqui, toureiros, forcados, ganadeiros, sádicos, pedófilos, bombistas suicidas, etc... Não são nada bem vindos. Se tourada é cultura, canibalismo é gastronomia
.posts recentes

. Touradas proibidas na Cat...

. A Tauromaquia e a Extrema...

. Uma questão de cultura - ...

. Viva la muerte

. Dalai Lama considera tour...

. EDUCAÇÃO PARA A MORTE

. Catalunha anti-taurina - ...

. Petição por Setubal anti-...

. Ainda as contradições do ...

. O bloco de Esquerda e as ...

.arquivos

. Julho 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Junho 2008

. Março 2008

. Janeiro 2008

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

.antitaurino
Quinta-feira, 5 de Junho de 2008
Chegou a Hora! Aproxima-se o princípio do fim da tauromaquia

 

Este foi de facto um mês memorável! De uma assentada, e no espaço de um mês, a tauromaquia perdeu quatro patrocinadores de peso (CGD, Unicer, Kodak e Ben & Jerry’s) e numa decisão histórica cujo acordão fará com toda a certeza jurisprudência, o tribunal deu provimento a uma providência cautelar apresentada pela “Animal”, impedindo a RTP de transmitir uma tourada.
Por esta altura, o inimigo sangra, chora e grita de dor! Contorce-se de raiva e zurra de ódio e ira. É pois chegado o momento (agora que se sentem vulneráveis e enfraquecidos), de enclausurar o inimigo no interior dos curros e espetar-lhes algumas bandarilhas dolorosas no dorso, de preferência com requintes de malvadez, impedindo que se levantem e recuperem. Agora que estão enfraquecidos e desorientados, será mais fácil abrir umas tantas feridas.
 Chegou a hora! O nervosismo, desilusão e tristeza apoderou-se e tomou conta dos tauromafiosos, sentem o chão a fugir-lhe debaixo dos pés.
Perguntar-me-ão! Mas como? Pois bem, esta é a estratégia que deve ser seguida e apontada desde 2002 pelo professor António Alberto Silva:
·         Proibição de toda a publicidade alusiva a espectáculos tauromáquicos;
·         Proibir que entidades públicas (meios de comunicação social inclusive) ou ligadas à administração do estado (autarquias inclusive) se envolvam em espectáculos desse tipo ou em actividades a eles ligadas;
·         Aplicar impostos específicos a algumas actividades e produtos, designadamente nos bilhetes das touradas;
·         Obrigação de incluir em todos os materiais audiovisuais relacionados com tais espectáculos, menções do tipo “espectáculo violento, gravemente lesivo do bem-estar dos animais”;
·         Proibir a participação e visionamento de tais espectáculos a menores.
É por aqui que devemos enveredar, e não por dar passos mais largos do que as pernas podem suportar.
Clamar neste momento pela abolição e pela ilegalização, é criar focos de insubordinação e tentativas de vitimização, é dar azo à criação uma centena de pequenos “Barrancos” pelo país que, como se sabe, desafiaram a lei, e perante um estado fraco e um ministro moribundo, souberam-na contornar de forma habilidosa.
Importa também referir que o último bastião da tauromaquia, concentra-se agora em dois importantes redutos. O Partido Popular (ver a propósito da proibição da transmissão da tourada pela RTP as declarações publicas do Eurodeputado Ribeiro e Castro), que está hoje impregnado de defensores da direita ortodoxa, bolorenta, arcaica e paroquial, abandonando para sempre os valores de uma direita ideológica em que acredito, moderna, progressista e liberal e finalmente a Igreja Católica Apostólica Romana, a mesma que se autoproclama humanista, misericordiosa e tolerante, mas que por ironia organiza touradas para angariar dinheiro manchado de sangue, para erguer igrejas e para alimentar o ímpeto festivo em honra de um qualquer santo (quais lobos travestidos de cordeiros!).
Por último, deixem-me que vos diga:
PREPAREM-SE QUE ESTA LUTA VAI AZEDAR!
publicado por antitaurino às 20:09
link do post | comentar | favorito
|
6 comentários:
De Fátima a 5 de Junho de 2008 às 22:38
Gostei das novidades. São excelentes. Que venham mais como estas. Isto ainda é só o começo.
De Rui C. Barbosa a 17 de Junho de 2008 às 19:21
Realmente é um dia histórico para Portugal. Este dia representa o princípio do fim e espero viver o suficiente para um dia poder sair à rua com a bandeira do meu país e no meu carro comemorar esta grande vitória que será o vencer desta verdadeira guerra contra a ignorância e a barbárie! Obrigado ANIMAL!
De Brama a 17 de Junho de 2008 às 23:18
Podes não acreditar, mas ler este post proporcionou-me o melhor momento do dia de hoje. Obrigado pela informação absolutamente pertinente. Estou super contente, a sério.
abraços
De Aficionado a 30 de Agosto de 2008 às 22:57
Vivemos em democracia, seus fanáticos fundamentalistas. Somos livres de escolher.

Defendemos os valores e as tradições culturais portuguesas.

Vocês não sabem o que isso é concerteza.

Tauromaquia é cultura portuguesa.

Somos milhões de amantes das nossas tradições.
De antitaurino a 31 de Agosto de 2008 às 22:00
Gosto quando estes idiotas falam em milhões de aficionados! Sem paciência para estes criminosos com sensibilidade de carangejo!
De Brama a 14 de Outubro de 2008 às 21:03
Sim, pena que nessa "democracia", o touro não possa escolher também.
É uma "democracia" só para quem pode, está visto.

Lamento, tauromaquia não é cultura de nada e é uma ofensa denominá-la cultura portuguesa.
É uma cultura sanguinária de gente perturbada e atrasada mental.

Milhões?! ... duvido que em Portugal haja sequer um milhão de doentes.

Comentar post

.free counter
free hit counter
hit counter
.pesquisar
 
.Julho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31
.links
.relogio
.subscrever feeds
.mais sobre mim